Encanto: Um Desencanto de filme

3 estrelas Críticas

 

 

Então Disney, que se passou? Eu sei que conseguem fazer melhor. Confesso que estava à espera de mais deste filme, não só por ser obviamente um filme de animação com o carimbo Disney, mas por estar nomeado aos Óscares e ter a maioria das crianças a cantar e dançar aos temas da sua banda-sonora. A música é, sem dúvida, o ponto mais alto do filme, assim como as suas sequências musicais. A animação também é o que esperaríamos de uma produção Disney, então o que é que falhou aqui? Bom, para ser honesto tudo o resto.

A história nunca tem um verdadeiro rumo e as várias sequências narrativas parecem ser coladas quase ao calhas, sem muita ligação ou sentido. Chegamos ao final do filme e perguntamo-nos “Então do que se tratou mesmo o filme?” e não conseguimos responder. Percebe-se o intuito da história e onde esta pretende chegar, assim como a moral que quer apresentar, mas nunca chega lá e deixa muitas pontas soltas e uma dispersão que faz com que o filme caia rapidamente no esquecimento. Claro que para o seu público alvo talvez isto seja indiferente, mas mesmo para os mais novos não sei se será bem assim. Sim os miúdos cantam e dançam ao som das suas músicas mas ficam por aí. Como a própria história do filme nos diz, este filme poderá muito bem ser o filme com menos ‘magia’ ou algum ‘dom especial’ que a Disney produziu na última década.

Contudo não estamos também perante uma tragédia de filme, senão teria dado uma classificação mais baixa, e as minhas palavras poderão soar fortes demais, ou se calhar foi a minha má gestão de espectativas, mas claro que existem momentos fortes no filme e tenho de destacar não só a música, já lá vamos, mas também a pormenorização na animação. Dou os meus parabéns às equipas de animação e efeitos especiais diversos que conseguem criar estas animações cada vez com mais texturas e pormenores que não conseguem deixar ninguém indiferente, e aqui em particular pela ‘tropicalidade’ que o filme exibe, as cores vibrantes e garridas, torna a animação num feito deveras excepcional.

Por outro lado a banda-sonora neste filme musical consegue também ser um ponto forte e gabo-lhe a coesão musical e o género de músicas apresentadas, assim como o efeito ‘catchy’ que as músicas têm. Dou por mim diversas vezes a cantarolar duas ou três músicas já passados diversos dias de ter visto o filme, principalmente a música “Dos Oruguitas” que por acaso encontra-se nomeada ao Óscar de Melhor Canção Original e que não ficaria nada surpreendido se vencer este galardão.

Em suma, um filme interessante que deverá deslumbrar e fazer dançar os mais novos, mas que poderá muito bem ser um ‘meh’ para os pais e graúdos. Filme disponível em streaming na Disney+ Portugal.

Classificação: 3 em 5 estrelas. Texto escrito por André Marques.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *