Beirut: Eye of the Storm – Um olhar feminino sobre o Líbano

“Beirut: Eye of the Storm” é um documentário da realizadora libanesa Mai Masri, que vai ser apresentado no Festival Olhares do Mediterrâneo na secção “Olhares do Líbano” (Sexta dia 18 de Novembro às 19h30 no Cinema São Jorge. Em Outubro de 2019, quatro mulheres progressistas estão a documentar a revolta contra o governo em Beirute. […]

Continuar a ler

Os Inocentes: a exploração do potencial da maldade

O jogo psicológico entre temas como a inocência, maldade, crueldade e violência, confere o mote principal de “Os Inocentes“, um filme do realizador Eskil Vogt (que também foi argumentista em “A Pior Pessoa do Mundo”) e que está agora em exibição nas salas de cinema em Portugal, assim como também na plataforma de streaming Filmin Portugal. […]

Continuar a ler

Yard Kings: uma inocência quase perdida

A curta-metragem “Yard Kings” marca a primeira aventura cinematográfica realizada por Vasco Alexandre, e seria muito difícil iniciar-se uma carreira em realização com um filme tão sólido e interessante como este. Uma das maiores dificuldades que encontro em filmes de curta duração é a tentação que muitos realizadores e argumentistas têm de tentar incluir o […]

Continuar a ler

Fogo-Fátuo: Um delírio absurdamente queer

Fantasia e delírio. Desde o primeiro momento somos confrontados com o absurdo que permeia esta autointitulada fantasia musical de João Pedro Rodrigues. Uma lembrança fantasiosa de uma vida imaginada de um príncipe, de nome Alfredo, que decide ser bombeiro. Não um mundo realista, mas um imaginado, um mundo sonhado que emana a mais intoxicante, alucinante […]

Continuar a ler

O Fotógrafo de Minamata: uma realidade cruel da condição humana

Infelizmente para o mundo em que vivemos, existem demasiadas histórias como Minamata, assim como filmes e séries que relatam essas mesmas histórias. E digo infelizmente porquê? Digo-o porque histórias sobre vidas e comunidades inteiras que já foram completamente destruídas por desastres ecológicos produzidos por grandes empresas e fábricas são demasiadas, e com certeza que existem […]

Continuar a ler

Os Demónios do Meu Avô: uma animação sublime e repleta de portugalidade

  “Os Demónios do Meu Avô” é considerada a primeira longa-metragem portuguesa de animação stop-motion, e é, sem dúvida, um trabalho grandioso e uma obra excepcional. Agora, após anos de produção, é possível ver esta animação que vai ser exibida na edição deste ano do Festival MotelX, no Cinema São Jorge, em Lisboa. Com realização […]

Continuar a ler

Listen: um drama irritantemente poderoso

Pode-se dizer que são poucas as pessoas que na primeira longa-metragem que realizam conseguem arrecadar tantas nomeações e prémios, assim como apresentar uma obra forte num estilo próprio. Ana Rocha de Sousa consegue este feito. “Listen” é um daqueles dramas fortes que enche diversos corações e caras de lágrimas, mas o que torna este drama […]

Continuar a ler

Canino: uma criação distópica de Yorgos Lanthimos

Já se pode dizer que o realizador Yorgos Lanthimos tem vindo a habituar o público a filmes distópicos, criando mundos paralelos e únicos, que têm tanto de estranho como de belo, por exemplo “A Lagosta” ou “O Sacrifício de Um Cervo Sagrado“. Mas foi com o seu filme “Canino” (2009), que Lanthimos conseguiu exibir o […]

Continuar a ler

Salve Satanás?: Um documentário controverso mas inspirador

Este será certamente um documentário único, goste-se ou não dele, porque segue um movimento religioso que é completamente diferente, e diria que muito mais corajoso, no sentido em que desafia a normalidade num meio que, apesar de ter tantas diferenças entre as diversas religiões e seitas que existem por esse mundo fora, pretende pregar sempre […]

Continuar a ler